Sinproesemma adverte: novas tentativa de golpe usando perfil falso no WhatsApp

O Sinproesemma alerta, mais uma vez, os trabalhadores em educação do estado, destacando mais uma tentativa de golpe que envolve a utilização de perfis falsos no WhatsApp com o nome e foto de diretores do sindicato ou de escritórios de advocacia.

A fraude visa enganar os educadores, levando-os a realizar pagamentos de alvarás e/ou depósitos judiciais em contas de origem duvidosa, incluindo a alegação de vínculo com o Banco Central.

Nas últimas investidas dos golpistas contra os educadores, o valor da ação chega a quase R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais), proveniente da descompressão salarial e que, para liberação desse valor, seria necessário o pagamento de cerca de R$ 4.000,00 (quatro mil reais), em pendência de alvará para liberação do recurso. Tudo golpe!

Com os crescentes relatos dessas tentativas de golpes, a direção do Sinproesemma destaca que é crucial que todos os trabalhadores em educação estejam cientes dessas ameaças e tomem medidas preventivas para evitar cair em armadilhas.

O Sinproesemma aconselha a todos os seus associados e trabalhadores em educação, que caso sejam abordados por mensagem de whatsapp ou ligação telefônica sobre processos judiciais e pagamento de alvarás, a manterem contato direto com a assessoria jurídica do sindicato para esclarecimentos e denúncias. A equipe de assessoria jurídica pode ser contatada pelo telefone/WhatsApp: 98 99114-7081.

A direção do Sinproesemma reforça a importância da conscientização e colaboração de todos os trabalhadores em educação para combater essas tentativas de golpe e proteger os educadores dessas fraudes financeiras.